Anticoncepcional Aixa – Composição, Engorda, Efeitos Colaterais e Preço

Anticoncepcional Aixa

O anticoncepcional Aixa é um contraceptivo hormonal oral combinado altamente eficiente para evitar a gravidez. Seu uso também promete outros benefícios para as mulheres, é o que vamos mostrar a seguir.

Continue lendo esse artigo e vai sabe tudo sobre o Aixa, sua composição, modo de usar, efeitos colaterais, contra – indicações, benefícios, entre outros.

Para que serve o anticoncepcional Aixa

O Aixa é um contraceptivo potente, quando utilizado de forma correta as chances de engravidar são de 0,04% ao ano. Além disso, o medicamento reduz os efeitos da TPM, controla o ciclo menstrual, previne acnes e reduz a oleosidade do cabelo.

Composição 

 A cartela do anticoncepcional Aixa vem com 21 comprimidos, sendo revestidos de 2 mg de acetato de clormatinona e 0,03 mg de etinilestradiol, além de seus excipientes lactose monoidratada, amido, povidona, edetato dissódico di-hidratado, estearato de magnésio, copolímero de metacrilato amino álcali, laurilsulfato de sódio, ácido esteárico, talco, dióxido de titânio, óxido de ferro vermelho, sorbato de potássio, alginato de propanodiol).

Como usar e tomar o anticoncepcional Aixa

 O tratamento mensal do Aixa dura por 21 dias, as pílulas devem ser ingeridas diariamente, sempre no mesmo horário, depois disso, é feita uma pausa de 7 dias, onde vai ocorrer o sangramento por privação hormonal.

No 8º dia é recomeçada nova cartela. Se a mulher não utilizou nenhum método oral no mês anterior, o anticoncepcional Aixa deve ser iniciado no primeiro dia de menstruação.

Para aquelas que estão migrando de método contraceptivo hormonal para o Aixa, é importante ler a bula, lá traz todas as especificações de acordo com o método atual. Não esqueça de buscar orientação médica, pois nenhum medicamento deve ser consumido por conta própria.

Esquecimentos

Para garantir a eficiência dos métodos hormonais orais é necessário seguir a risca a posologia indicada na bula. Caso, o esquecimento não seja maior de 12 horas, a eficácia do medicamento será mantida, basta ingerir a pílula esquecida assim que lembrar e as demais no horário de sempre.

Porém, se o esquecimento superar as 12 horas, é preciso manter o procedimento acima, no entanto, deve-se aliar um método de barreira adicional (preservativo) pelos próximos 7 dias, se durante esses 7 dias terminar a cartela em uso, não faça pausas, emende uma na outra, desse modo, o organismo não terá tempo de ovular.

Se mais de uma pílula for esquecida em uma cartela, é importante avisar o seu médico, pois os riscos de engravidar aumentam.

É importante lembrar que vômitos diarréias até 4 horas da ingestão da pílula também podem contribuir para que o medicamento falhe, pois nesse período de tempo ainda não dá tempo das substâncias do Aixa serem absorvidas pelo organismo. Portanto, proceda como se tivesse esquecido da pílula, mas pegue um comprimido de uma nova cartela, leia a bula e veja mais explicações a respeito.

Efeitos colaterais do anticoncepcional Aixa

 Esse medicamento pode causar reações adversas como:

  • Dores de cabeça;
  • Náuseas e vômitos;
  • Escapes (sangramentos fora do período);
  • Dismenorréia;
  • Dores e sensibilidade nos seios;
  • Ansiedade, irritabilidade e depressão;
  • Tontura, problemas visuais;
  • Dores no abdômen;
  • Cansaço e sensação de peso nas pernas;
  • Acnes;
  • Aumento de peso;
  • Alterações na pressão arterial (aumento);
  • Dores no estomago;
  • Diarréias;
  • Perda de cabelo;
  • Pele seca;
  • Dores musculares;
  • Infecções vaginais;
  • Sudorese;
  • Raras (trombose, surdez, desconforto no uso de lentes de contato, urticária, piora da psoríase, aumento de pêlos, aumento de mamas, aumento de apetite).

Contraindicações 

Esse medicamento não pode ser utilizado nos casos abaixo:

  • Gravidez e lactação;
  • Se a mulher tiver sinais de dores fortes no peito, aparecimento de coágulos sanguíneos, inflamação nas veias;
  • Histórico de câncer, trombose, AVC, infarto, angina;
  • Diabéticas com alterações nos vasos sanguíneos;
  • Pressão alta descontrolada;
  • Problemas no fígado;
  • Dores de cabeça incomum;
  • Distúrbios na visão;
  • Alergia a fórmula do anticoncepcional Aixa;
  • Sangramento vaginal não diagnosticado.

Antes de iniciar o uso de qualquer medicamento com hormônios é importante fazer uma avaliação da saúde com um médico para saber se você está apta para ingerir essas substâncias. É importante lembrar que se fizer uso de algum tipo de remédio como antibióticos, antivirais, anticonvulsivantes e produtos naturais que contenham erva de São João, a eficácia do anticoncepcional Aixa pode ser diminuída devido as interações medicamentosas da fórmula.

Benefícios 

Além de ser um potente método contraceptivo o anticoncepcional Aixa regula o ciclo menstrual da mulher permitindo que não haja sangramento excessivo, desse modo, evita a anemia e inchaço demasiado no corpo.

O medicamento ainda ajuda a controlar os sintomas da TPM como cólicas, dores de cabeça, cansaço, distensão abdominal e a retenção de líquidos. Os componentes do Aixa ainda ajudam a controlar a oleosidade da pele impedindo o aparecimento da seborréia nos cabelos e as acnes na pele.

Anticoncepcional Aixa engorda ou emagrece?

A bula aponta a retenção de líquidos e possível aumento de apetite como efeitos colaterais, isso não significa que todas as mulheres que ingerirem o medicamento possam ganhar peso, mas existe a possibilidade de ficar mais inchada devido a retenção hídrica e também comer mais por causa das alterações da fome.

O anticoncepcional Aixa em si, não engorda, mas, dependendo do organismo pode causar algumas alterações corporais que tendem a ser temporárias até que o organismo se acostume com a ingestão dessas substâncias.

Anticoncepcional Aixa causa acne?

Um dos benefícios do Aixa é justamente tratar a oleosidade da pele, isso permite o controle das acnes, já que essas lesões são causadas pelo excesso de sebo nas glândulas sudoríparas que levam o entupimento dos poros.

As mulheres que possuem predisposição genética de ter acnes, devem informar isso ao médico, certamente, o profissional vai levar em conta essas informações para fazer a indicação do melhor medicamento para cada caso.

Preço

O preço médio do produto varia conforme região. O anticoncepcional é vendido com 21 comprimidos por aproximadamente R$ 36,00.

Bula

O fabricante do medicamento é a Medley. Para acessar a bula completa, clique aqui.

 

 

Outros Assuntos:

[pt_view id="3d29484fdi"]

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


dez − 9 =