Anel anticoncepcional – O que é, como usar, é seguro e engorda?

anel-anticoncepcional

 

O anel anticoncepcional é uma opção eficaz de método contraceptivo, ele é feito de silicone flexível de aproximadamente 5 cm que deve ser inserido na vagina. Quando utilizado de forma correta, a eficácia é de 99%.

Nesse artigo, você vai saber mais sobre o anel anticoncepcional, como usar, vantagens e desvantagens e outras informações. Continue lendo…

O que é o anel anticoncepcional e como usar?

No mercado, o anel anticoncepcional é conhecido como NUVARING. Ele é produzido com silicone e hormônios ( etonogestrel e o etinlestradiol), é considerado de baixa dosagem, pois a liberação dessas substâncias é feita de maneira gradual no organismo no período de 3 semanas.

Depois de 3 semanas, é necessário fazer a remoção do anel para a pausa de 7 dias, é nesse período em que a mulher fica menstruada. No 8º dia, é necessário colocar um novo anel.

Como colocar o anel anticoncepcional

É a própria usuária que deve colocar  o anel contraceptivo. Para iniciar esse método é preciso inserir o anel anticoncepcional na vagina no primeiro dia da menstruação seguindo os passos seguintes:

1º – Retire o anel anticoncepcional da embalagem com cuidado, aproveite e verifique a data de validade;

2º – Lave bem as mãos antes de segurar o anel;

3º – É preciso escolher uma posição que pode ser deitada, uma perna levantada ou agachada;

4º –  Pegue o anel entre os dedos indicador e polegar, pressione até ficar como se fosse um 8, desse modo fica mais fácil de inserir na vagina;

5º – Coloque o anel devagar e empurre com o dedo indicador;

Na realidade, o funcionamento do anel anticoncepcional não depende do local onde ele ficará posicionado, por isso, a mulher deve escolher uma forma que fica confortável pra ela.

No período que o anel contraceptivo fica na vagina, ele vai liberar hormônios na corrente sanguínea que vão impedir a ovulação, além disso, ele aumenta o muco na região tornado um ambiente desfavorável para os espermatozóides.

Após 3 semanas de uso, o anel vaginal precisa ser removido e descartado. É feita uma semana de pausa, onde vai ocorrer a menstruação e no 8º dia deve ser inserido um novo anel.

anel-anticoncepcional-funciona

 

Anel anticoncepcional é seguro?

É considerado um método extremamente seguro, seu índice de falha é de 0,4 a 1,2%, pode-se dizer que a cada 1000 mulheres ( 4 a 12 podem engravidar usando o anel anticoncepcional).

Embora raro, em alguns casos o anel pode sair da vagina de forma involuntária, nesse caso, é preciso que a mulher fique atenta  e prossiga da seguinte forma:

– Caso tenha percebido em um período de 3 horas que o anel se deslocou pra fora ou ficou no calcinha é preciso lavar ele com água e sabão e recolocar na vagina. A mulher ainda estará protegida;

– Se passar de 3 horas, a eficácia do anel anticoncepcional pode ter sido comprometida, é importante lavar o anel com água e sabão e recolocar. No entanto, é preciso usar um método de barreira adicional por 7 dias;

– Se isso acontecer na 3ª semana de uso, descarte esse anel e faça a pausa de 7 dias antecipadamente, no 8º dia , insira um novo anel e recomece o ciclo.

Se a mulher esquecer mais de uma vez em um clico, as chances de engravidar aumentam consideravelmente.

Vantagens e desvantagens do anel anticoncepcional

Partindo do princípio que não existe nenhum método contraceptivo 100%, é preciso avaliar os prós e os contras de cada um deles. No caso, do anel anticoncepcional, confira quais são:

Vantagens

  • O anel anticoncepcional livra a mulher de lembrar diariamente de ingerir a pílula contraceptiva;
  • Excelente eficácia contraceptiva;
  • Não interfere no toque íntimo durante a relação;
  • Não interfere na libido feminina;
  • Reduz os sintomas da TPM;
  • Caso, ele saia da vagina, é possível reaproveitá-lo;
  • É muito prático de colocar e remover;
  • Protege contra doenças no endométrio, cisto no ovário e doenças mamárias benignas;

Desvantagens

  • Não protege contra doenças sexualmente transmissíveis;
  • Tem que lembrar de fazer a pausa dos 7 dias;
  • Provoca efeitos colaterais, assim como a pílula contraceptiva;
  • Tem contra indicação;

Anel anticoncepcional – efeitos colaterais

Como todo método hormonal, o anel anticoncepcional também apresenta reações adversas, confira:

  • Dores de cabeça
  • Infecções vaginais
  • Alterações no peso corporal
  • Sensação de corpo estranho na vagina
  • Trombose
  • Acnes
  • Náuseas

Contra indicações do anel anticoncepcional

O anel vaginal não pode ser utilizado nos casos abaixo:

  • Mulheres com histórico de trombose, AVC, ataque cardíaco;
  • Obesidade;
  • Câncer de mama;
  • Problemas no fígado;
  • Fumantes;
  • Idade acima de 35 anos;
  • Mediante o uso de alguns medicamentos ( leia a bula para ver a lista completa);
  • Mulheres diabéticas;
  • Alérgicas a formulação do anel;

Anel anticoncepcional engorda?

Existe uma grande polêmica acerca do uso de métodos hormonais e o ganho de peso. Na realidade, essa possibilidade já foi descartada por muitos médicos, pois eles afirmam que não existe uma comprovação científica que as pílulas e até mesmo o anel anticoncepcional possa engordar.

O fato é que os hormônios colaboram para o inchaço no corpo feminino, isso é devido a retenção de líquidos que eles promovem. Mas, esse problema tende a desaparecer após alguns meses de uso quando o organismo se acostuma com a presença dos hormônios.

É importante que a mulher mantenha bons hábitos de vida, exercícios físicos e boa alimentação, se mesmo assim, o problema persistir é indicado buscar ajuda médica para avaliar questões metabólicas.

Imagens-  atlanticanews.com.br               tuasaude.com

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


dezenove + 3 =