Métodos Contraceptivos Naturais – Conheça Todos

Métodos Contraceptivos Naturais 

Nos dias de hoje as famílias possuem um planejamento familiar mais efetivo, o estilo de vida, as condições econômicas e a ascensão da mulher no mercado de trabalho são grandes responsáveis por essa prática. Nesse artigo, abordaremos os métodos contraceptivos naturais mais comuns.

Embora, muito difundidos, os métodos contraceptivos hormonais tem sido alvo de estudos devido seus efeitos colaterais que podem ser leves até mais graves.

A indústria vende o anticoncepcional como sendo a melhor solução para evitar a gravidez, regular o ciclo menstrual e até controlar os sintomas da TPM, mas será que isso é verdade?

Métodos Contraceptivos Naturais –  Vantagens e Desvantagens

O uso de métodos hormonais pode simplificar a vida da mulher, torná-la mais prática, mas será que é a melhor solução para o organismo? Quantas mulheres que utilizam pílulas, injeções ou qualquer outro método a base de hormônios parou para pensar nos efeitos dessas substâncias a longo prazo?

Aparecimento de Doenças

Já existem muitos estudos que comprovam que o uso de pílulas contraceptivas favorece o aparecimento de câncer de mama e de útero, além de outras doenças cardiovasculares e trombose. Inclusive a bula de muitas dessas pílulas enfatiza isso, mas será que são lidas essas informações?

Talvez, o apelo da indústria em vender cada vez mais medicamentos seja mais forte e faça com que muitas mulheres não leia a bula e não se informem sobre o que realmente estão ingerindo.

Pílula de Beleza

As pílulas modernas de hoje prometem a beleza da pele e dos cabelos, muitos médicos usam a frase ” uma nova mulher”, a ” pílula da beleza”. Mas um estudo da Agência Nacional de Segurança de Medicamentos da França afirma que 14 das 20 mortes de mulheres que ocorrem por causa do uso de anticoncepcionais hormonais são por causa das pílulas modernas da 3ª e 4º geração. Notou-se o aumento de trombose e de acidente vascular cerebral (AVC).

Vale a pena correr esse risco visto que existem outros métodos contraceptivos naturais para evitar uma gravidez? Todas as formas contraceptivas possuem prós e contras, mas é uma decisão que exige mais pesquisa e busca pela informação.

Vantagens

As vantagens de utilizar métodos contraceptivos naturais é que a mulher não entra para esse forte grupo de riscos de desenvolver algumas doenças. Você já parou para pensar que essas pílulas modernas são novas, as mais velhas possuem 20 anos e ainda não se sabe os reais efeitos no organismo da mulher?

Geralmente, esses efeitos aparecem depois da menopausa, ou seja, a maioria das usuárias ainda não chegou nessa fase. Lembre-se que a decisão de ingerir hormônios é somente sua, o médico não define isso, ele apenas dá suporte, realiza avaliações, avalia exames e faz orientações.

Investigar se realmente é bom para a sua saúde é uma missão individual.

Desvantagens

As desvantagens do uso de método contraceptivo natural é que a mulher vai ter que se dedicar mais em conhecer o seu corpo, seu período fértil. É importante saber quando começa e quando termina.

 

Métodos Contraceptivos Naturais 

 

Quais são e como funcionam os métodos contraceptivos naturais

Dedicar-se para aprender a prevenir a gravidez e também para reverter os sintomas da TPM pode exigir muito da mulher, mas a longo prazo esses benefícios podem ser sentidos no organismo. As principais formas de contraceptivos sem o uso de hormônios são:

1- Tabelinha

Esse sistema faz com que a mulher conheça o seu ciclo menstrual e saiba quando está no período fértil, mas só da certo para aquelas que possuem disciplina em acompanhar cada fase do corpo.

Período Fértil

O período fértil acontece sempre no meio do ciclo menstrual, se você tem um ciclo de 28 dias, precisa contar 14 dias a partir da sua última menstruação, a ovulação vai acontecer 3 dias antes e 3 dias depois dessa data.

Exemplo: Se a sua última menstruação foi dia 14 de julho, levando em conta que seu ciclo é de 28 dias, deve contar 14 dias, então o seu período fértil será entre 24 a 30 de julho, se tiver relações desprotegidas nesse período, pode engravidar.

Por isso, é importante que antes de começar esse método, a mulher saiba de quantos dias é o seu ciclo, ou seja, deve conhecer seu organismo.

2- Temperatura basal

Em períodos normais, a mulher possui uma temperatura entre 36.2 a 36.5. Na fase de ovulação a temperatura começa a se elevar cerca de 0.2, 0.5 até 1 grau a mais devido o efeito da progesterona. É nesse período que a mulher pode engravidar.

3- Coito interrompido

Geralmente o coito interrompido (tirar fora antes de ejacular) é utilizado aliado a tabelinha, talvez não seja um dos métodos mais eficientes, pois o pênis pode soltar uma secreção quando ereto que pode conter espermatozóides.

Existem relatos de muitas mulheres que utilizam esse método, mas é preciso ter muita disciplina para fazer os cálculos certos do período fértil. Se você não tem esse controle, é melhor utilizar outros.

4- Métodos contraceptivos naturais de barreira

Os métodos de barreira são muito eficazes, o preservativo (camisinha) tem a vantagem ainda de evitar doenças sexualmente transmissíveis.  O mercado oferece uma ampla variedade de opções, entre elas:  Camisinha feminina e masculina, DIU de cobre sem hormônios, espermicidas e diafragma.

Laqueadura e Vasectomia

Se você e seu parceiro já decidiram não ter mais filhos, existem a laqueadura e a vasectomia que são métodos invasivos que também podem ser pensados.

A escolha de como prevenir a gravidez é uma escolha da mulher, afinal cada organismo reage de uma forma mediante certas substâncias. Se você tem dúvidas com relação aos métodos contraceptivos naturais, pesquise mais e procure uma orientação médica para obter mais informações.

 

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


doze − 3 =