Anticoncepcional Pilem – Preço, Como Tomar e Colaterais – Bula

anticoncepcional-pilem-efeitos-colaterais

O anticoncepcional Pilem é uma pílula do dia seguinte, deve ser usada quando houver falha em outro método contraceptivo. Nesse artigo, vamos abordar tudo sobre o seu modo de utilização, efeitos colaterais, contra – indicações, benefícios e outras informações.

Para que Serve o Anticoncepcional Pilem

 O anticoncepcional Pilem é indicado para evitar a gravidez, mas só pode ser administrado em casos emergenciais, quando nenhum método contraceptivo foi utilizado ou caso o preservativo se rompeu. Não é um medicamento de uso contínuo.

Composição 

A caixa do Pilem vem com 2 comprimidos contendo levonorgestrel 0,75 mg e seus ingredientes: lactose, celulose microcristalina, laurilsulfato de sódio, croscarmelose sódica, silicato de magnésio, amido.

Como Usar e Tomar o Anticoncepcional Pilem

O primeiro comprimido do anticoncepcional Pilem deve ser ingerido no máximo até 72 horas da relação sexual, enquanto que o segundo comprimido deve ser administrado 12 horas depois do primeiro.

Esse método não pode ser utilizado como uma rotina na vida da mulher, pois o índice de falha do medicamento aumenta. A classe médica indica que pílulas do dia seguinte são uma emergência e devem ser usadas no limite de 2 vezes ao ano, pois as doses hormonais são muito altas e podem ser prejudiciais a saúde da mulher.

Eficácia da Pílula do Dia Seguinte – Pilem

anticoncepcional PilemA bula relata que o anticoncepcional Pilem deve ser ingerido até 72 horas do ato sexual, no entanto, também cita que após 48 horas o seu efeito contraceptivo diminui. Portanto, é melhor que seja ingerido dentro desse horário.

O abuso da pílula do dia seguinte também pode fazer com que ela perda a sua eficácia, pois esse não é um método indicado para utilizar diversas vezes. Por isso que os médicos recomendam no máximo 2 vezes ao ano em intervalos grandes entre elas.

As interações medicamentosas também podem atrapalhar a eficácia do Pilem, como: sulfonamidas, clorpromazina, penicilinas, rifampicina, neomicina, nitrofurantoína, ampicilina, tetraciclina, cloranfenicol, fenacetina, pirazolona, barbitúricos, carbamazepina, hidantoína, fenilbutazona.

Efeitos Colaterais 

Podem ocorrer algumas reações adversas com o uso do anticoncepcional, inclusive, esses efeitos podem se estender por até dois dias após a ingestão da pílula, são elas:

  • Náuseas e vômitos;
  • Alterações no ciclo menstrual;
  • Fluxo menstrual mais ou menos intenso (importante consultar um médico após 21 dias do tratamento para checar se não ocorreu a gravidez);
  • Dores de cabeça;
  • Sensibilidade nas mamas;
  • Tonturas;
  • Dores abdominais.

Se ocorrerem vômitos no período de 2 horas após a ingestão do Pilem, é recomendado ingerir um comprimido de outra cartela, pois esse, não deu tempo de ser absorvido pelo organismo e certamente não fará nenhum efeito.

Contraindicações

Assim como qualquer outro método contraceptivo, o anticoncepcional Pilem não deve ser ingerido nos seguintes casos:

  • Mulheres com suspeita de gravidez ou que estejam amamentando;
  • Alérgicas a formulação do Pilem;
  • Histórico de trombose venosa, embolia pulmonar, doenças cardíacas, AVC;
  • Diabetes com complicações;
  • Pressão alta;
  • Tumores hepáticos;
  • Histórico de câncer nas mamas ou órgãos genitais;
  • Epilepsia;
  • Vírus HIV.

A pílula do dia seguinte Pilem não pode ser ingerida sem orientação médica, quando não administrada adequadamente, o medicamento pode apresentar falhas e causar outros males a saúde da mulher.

O uso desse medicamento deve ser interrompido se a mulher sentir dores no peito, falta de ar, dores nas pernas, tosse com sangue, fraqueza e formigamentos no corpo.

Benefícios do Anticoncepcional Pilem

O anticoncepcional Pilem proporciona a oportunidade de evitar uma gravidez mesmo quando outro método contraceptivo não foi utilizado na hora da relação sexual. É indicado especialmente em casos de rompimento do preservativo, falhas em métodos como diafragma, coito interrompido, entre outros.

Apesar de ser uma excelente alternativa para essas ocasiões e ainda nos casos de estupro, ele não pode se transformar na alternativa de rotina, pois o seu índice de falha aumenta conforme uso indiscriminado.

Anticoncepcional Pilem Engorda ou Emagrece?

Não existem nenhuma evidência científica que o uso do anticoncepcional Pilem engorde ou emagreça. Pois não é um medicamento de uso contínuo, mas sim corriqueiro.

Nos primeiros dois dias após a sua ingestão pode ocorrer uma retenção de líquidos, já que a dose hormonal ingerida em pouco tempo é extremamente alta. Mas, são reações passageiras que tendem a se normalizar.

Anticoncepcional Pilem Causa Acne?

Não existem relatos que o anticoncepcional Pilem causa acne. Conforme já citado acima, o uso desse medicamento é muito curto para proporcionar reações a longo prazo. Mas é importante citar que uma dose da pílula possui a mesma quantidade de hormônios do que meia cartela de um anticoncepcional convencional, ou seja, como são duas doses equivale a uma cartela inteira ingerida em prazo de um dia.

Riscos da Pílula do Dia Seguinte – Anticoncepcional Pilem

Embora, muito eficiente, a pílula do dia seguinte não é um método 100%. Existem muitos relatos de mulheres que engravidaram utilizando esse medicamento, inclusive, algumas tiveram uma gravidez ectópica (fora do útero) causando muitos problemas para a mulher, inclusive riscos de hemorragia, infecções e inflamações.

Notando esses riscos, é importante buscar orientação médica para fazer uso desse medicamento, pois em caso de gravidez, o feto pode nascer com deformações. Portanto, informe ao profissional da saúde sobre o uso desse método contraceptivo e lembre- se de utilizar uma forma contínua para evitar a gravidez e evitar essas soluções a curto prazo.

Evite automedicação, principalmente com contraceptivos hormonais, eles podem trazer muitos riscos a mulher se não administrado por um profissional ginecologista. É necessário realizar exames para saber quais são as reais condições de saúde da usuária para saber se pode ou não fazer uso de hormônios.

Preço

O preço da caixa com 2 comprimidos é de aproximadamente R$ 17,00, variando conforme região.

Bula

O fabricante do remédio é a Melcon. Para ler a bula completa, clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


2 × um =